quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Deus é pai... e também é mãe!

Ela criou o Universo e ama todas as Suas criaturas...

As Sagradas Escrituras mostram não somente o Deus-Pai, mas também a face materna de Quem nos criou.

De fato, se Deus não tem corpo e nem gênero, não pode ser restrito ao conceito masculino ou feminino. É Pai e é Mãe.

Em Oséias 13:8, Deus é a Mãe Ursa que procura e protege, com todas as suas forças, os Seus filhotes que Lhe foram roubados.

Deus é a Mãe que jamais de esquece dos Seus filhos e que jamais deixará de amá-los. Ela sofre por Seus filhos e não cessa de procurar por eles:

"Há muito que me calei, guardei silêncio e me contive. Como uma mulher que está de parto eu gemia, suspirava, respirando ofegante. 


Vou devastar montanhas e colinas, secar toda a vegetação, transformar os cursos de água em terras áridas, e fazer secar os tanques.

Aos cegos farei seguir um caminho desconhecido, por atalhos desconhecidos eu os encaminharei; mudarei diante deles a escuridão em luz, e as veredas pedregosas em estradas planas. Todas essas maravilhas, eu as realizarei, não deixarei de executá-las.

Surdos, ouvi! Cegos, olhai e vede!"
(Isaías 42:14-16,18)


"Como a águia que vela por seu ninho e revoa por cima dos filhotes, Deus tomou Seu povo, estendendo as suas asas, e o carregou em cima de suas penas"
(Deuteronômio 32,11).

"Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti"
(Isaías 49:15)

"Como alguém a quem consola sua mãe, assim eu vos consolarei; e em Jerusalém vós sereis consolados"
(Isaías 66:13)

Nenhum comentário:

Postar um comentário